O fim da Bends e o futuro da gaita no país

segunda-feira, 28 de março de 2011

É com grande pesar que a Bends Harmonicas notificou semana passada o encerramento de suas atividades previsto agora para o dia 31 de março. Em aproximadamente cinco anos na ativa a empresa confirmou que um pouco de publicidade bem investida e o contato direto com seus clientes é essencial para que um tão defasado mercado como o de gaitas funcionasse progressivamente, chegando a ponto de se equiparar com as já centenárias e tradicionais marcas de gaita ao redor do mundo, como a Hohner, Suzuki e a brasileira Hering que agora monopolizará novamente como a única fabricante nacional de harmônicas.
Ao contrário de sua concorrente Hering, a Bends sempre apostou em um marketing efetivo e frequentemente lançava workshops com a presença de seus vários endorsees que ostentavam com orgulho o nome da fábrica. Dentre eles poderiamos destacar Vasco Faé, Ivan Marcio, Leandro Ferrari, etc. Sem contar os diversos modelos de qualidade que a marca já apresentava em tão pouco tempo de mercado. Tive o prazer de começar o meu aprendizado de gaita com uma Bends Juke, que se mostrou extremamente durável e me rendeu até um post com um review sobre a mesma. Quem teve oportunidade de experimentar uma Bends com certeza não se frustrou e provavelmente sentirá muito com o fechamento da fábrica e para quem não conheceu o instrumento, felizmente ainda encontraremos muitas delas disponíveis no mercado.
Infelizmente não poderemos mais contar com a garantia vitalícia que a Bends fornecia aos seus produtos, perderemos o excelente material de aulas do Aprenda Gaita Grátis e tampouco conseguiremos mais espaço em um país onde a harmônica se mostra um instrumento pouco difundido e vítima de constante preconceito e marginalização. Uma grande perca para a gaita no país e também uma má notícia para nós gaitistas que sobramos apenas com a Hering que sempre se mostrou com uma postura distante e neutra em relação a inovações e no tratamento direto ao consumidor, matéria que anteriormente a Bends tirava de letra.

14 comentários:

Hertes disse...

Concordo plenamente com o texto comentando o fim da Bends.
Como disse anteriormente em e-mail enviado à Bends e ao seu digno diretor o Melk, nós gaitistas estamos nos sentindo órfãos...
Possuo algumas harmonicas BENDS
cromática e diatônicas)e sempre me encantei com a qualidade e principalmente o respeito que a Bends tinha pelos clientes na manutenção de pós venda.
Resta-nos duas alternativas: contentar-se com a Hering e suas gaitas com palhetas de latão que desafinam ou quebram em alguns meses, ou investir em harmonicas mais caras e sem assistência técnica também como as Honner e Suzuki. Uma grande perda...

Hertes Ivolela - Curitiba

Caio Machado disse...

Obrigado por comentar Hertes, nesse pouco tempo de mercado a Bends provou que o potencial de uma empresa consiste em investir no contato direto com o cliente, não sei o que causou o encerramento das atividades da mesma, mas sei que ela vai ficar pra história. Só tive a oportunidade de comprar uma Bends Juke e fui muito feliz no tempo em que toquei com ela, até porque estava no começo de tudo e desconhecia as outras marcas. Minha admiração pela fábrica começou quando vi um adesivo pregado em um mural no quarto de meu primo, também gaitista, na época ele não tinha nenhuma gaita da Bends inclusive, mas mesmo o assim o adesivo serviu de publicidade pra que eu comprasse o instrumento, política da qual eu nunca vi outra fabricante de gaita investir. É certo que nem tudo é perfeito, pois mais tarde eu descobri que os timbres da Bends eram mais baixos que os das demais outras marcas e hoje em dia prefiro usar as Hohners e até mesmo Herings, mas de fato nenhuma desses marcas se mostrou tão empenhada em projetos e workshops como a Bends, talvez por serem muito tradicionais e conservadoras, apostando no básico, mas de fato será uma enorme perda para os gaitistas, pricipalmente nos brasileiros.

Luiz Rocha disse...

Sabe, ainda não consigo falar muito sobre esse assunto, mas tudo que li aqui já expressa o que estou sentindo.

Mas gostaria de deixar uma dica: Se cada vez mais os gaitistas se empenharem em difundir o instrumento da forma como a Bends fazia (isso não e impossível) ganharemos mais espaço. A Bends era um exemplo do que cada gaitista deveria fazer com sua profissão - DIFUNDIR INFORMAÇÕES, e não, ficar fazendo o que muitos fazem, que é apenas divulgar os seus trabalhos sem se preocupar com a informação que está chegando no público leigo e de iniciantes.

Sobre customização e manutenção, o Hertes esqueceu que temos hoje diversos profissionais especialistas no assunto. Mas infelizmente estes não se divulgam como deveriam e o resultado é esse: vc digita no google "manutenção de gaita" e não aparece muita coisa. Vou lançar um site sobre o assunto, aguardem!

Luiz Rocha
www.luizrochaharmonica.com
www.papodegaita.com

Hertes Ivolela disse...

Prezado Luiz Rocha,

Muito boa essa iniciativa de implantar um serviço de assistência técnica para harmonicas sério e constante. Como vc bem disse, basta consultar o Google sobre manutenção de harmonicas para comprovar a escassez de opções. Aqui em Curitiba, por exemplo, já busquei alguma saída para isso e nada. Um deserto estéril...Uma pena.. Músicos de saxofone ou trompete têm farta assistência técnica para manterem seus instrumentos em ordem. Infelizmente sentimos um certo descaso do mercado em relação às harmonicas. Vou aguardar ansioso essa sua idéia Luiz...Saudações.

Luiz Rocha disse...

Grande Hertes, obrigado por seu comentário e pelo elogio e atenção à minha iniciativa.

É evidente que todos os gaitistas e fas da harmônica já perceberam que a assistência para gaitistas é "estéril" em nosso país.

O que poucos no Brasil perceberam são os motivos disso. Penso que o "descaso harmônico" do mercado é apenas uma consequência dos próprios gaitistas não se organizarem nem se estruturarem para atender à demandas específicas.

Tenho a impressão de que a maioria fica esperando um super homem descer dos céus pra mudar a situação do descaso sem perceber que o poder da mudança está nas próprias mãos. O pior é que quando aparece alguém querendo ajudar, acaba tendo o mesmo destino de Jesus.

No final das contas inúmeros gaitistas esquecem de "DIFUNDIR INFORMAÇÕES", que é o mais imnportante para iniciar uma mudança. Alguns caem na ilusão de que isso significa apenas "divulgar o próprio release". Aí tome-lhe uma rajada de "Olha gente como EU toco", "venham para o MEU show", "participem do MEU workshop", "comprem o MEU cd", "olha como EU sou bacana..." e sites como o ponto da gaita e o gaitanet ficam largados na web...

Desculpem-me o desabafo, mas é a minha impressao sobre a cena da gaita no Brasil. Quem discorda me prove o contrário...

Abraço!
Luiz rOCHA

SITE GAITA ABERTA
https://sites.google.com/site/gaitaaberta/home

BLOG BAHIARMONICA
http://www.bahiarmonica.blogspot.com/

PAPO DE GAITA
www.papodegaita.com

Anônimo disse...

Olá pessoal, tudo bem?! é realmente uma pena o fim da Bends Harmonicas, sobretudo pela iniciativa de se mostrar no mercado e divulgar o instrumento. Porém, as gaitas bends __cromáticas__ deixam a desejar.. é uma bela estampa mas com um 'motor' não tão belo. ´falo por experiência própria; adquiri uma Tônica 48 vozes e posso afirmar que a Hohner ainda é a Hohner.

Abraços ZK

Miúdos da Ladeira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Rocha disse...

Srº "ZK":

Como você pode afirmar que tal marca ou modelo de gaita é ruim experimentando apenas uma?

Experimente mais umas 5 ou 6 cromáticas Bends do mesmo modelo para poder postar algo assim...

Não quero dizer com isso que uma fábrica com um século de existência como a hohner possa produzir um instrumento inferior a uma fábrica de apenas 5 anos como a Bends, mas, é muito preciptado de sua parte afirmar que um instrumento seja ruim com base nesse argumento.

Aliás, ruim ou bom é questão de gosto, cada um tem o seu! Tem gente que prefere uma "Bluesband" made in china do que uma "Hering Blues" ou uma "Anima" por exemplo...

Abraço!
L.R.

Caio Machado disse...

Não tive a oportunidade de experimentar nenhuma gaita cromática da Bends, mas ainda sim concordo com o Luiz Rocha, a Bends foi bastante significativa no curto período em que esteve em atividade e desejar muito das gaitas ou comparar seus modelos com os de uma fábrica gigante como a Hohner não seria uma coisa muito sensata. Mas como eu mesmo sempre deixo minhas opiniões sobre os modelos de gaita que compro e utilizo entendo que esse blog tem o espaço destinado justamente pra todo mundo se expressar e opinar sobre suas opiniões e experiências com as gaitas. Com a ressalva de que aja sempre coesão e bom senso nos comentários. Abraço!

Melk Rocha disse...

Olá, pessoal, aqui quem fala é o Melk Rocha.
Mesmo com o tempo ainda me sinto extremamente emocionado com pessoas que como vocês valorizam a cultura das Harmônicas no Brasil e que lamentaram o inevitável fim da nossa empresa. Foi por um simples acaso que acabei por entrar nesse blog e ler esse post, que é bem antigo, por sinal: vagando pelas paginas da Web e lendo coisas artigos antigos sobre a Bends, mas esse texto novamente me tocou.
Espero que não haja nenhum ressentimento relacionado à mim, já que eu era a última pessoa que esperava o fim de uma empresa que mantinha tão bem uma relação de contato direto com os harmonicistas. Keep Playing.
Muito obrigado! Muito Blues!
Melk Rocha.

washington luis disse...

ola pessoal tambem sinto com o fim da bends que para mim era a melhor fabricante de harminicas do brasil e gostaria que tivesse-mos mais fabricantes assim que prezassem pela coduta para com os consumidores e dessem o devido valor.....
ALGUEM AI TEM O MATERIAL COMPLETO DAS AULAS DO APRENDAGAITA COMPLERTO AI PARA ME PASSAR? SE TIVER ME MANDA AI POR FAVOR!
me add la no facebook
http://www.facebook.com/washington.luis.5811
email:travesso_lu@hotmail.com
desde ja agradeco.

Anônimo disse...

Estava estudando qual comprar e me decididi tanto pelo belo som quanto pela recomendação que iria começar com o modelo anima, agora que vi essa noticia... Fiquei bem frustado.

Anônimo disse...

Alguem tem as aulas? Ey to comecando e queria um conteudo legal ,Se alguém tiver as aula de gaita pode me passar pelo email: mikaelsniper @gmail.com

Duda Liborio disse...

Senti sensações incríveis com o som das minhas Bends.
Ao tocá-las posso dizer que me transporto para os momentos em que adiquiri cada uma delas.
Esse negócio de melhor que, pior que me parecer ser excesso de competição intrínseca em nossa sociedade. Infelizmente.
#voltabends

 
◄ Design by Pocket